Varanda...

Página 2 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Varanda...

Mensagem por Secret em Seg Jul 08, 2013 6:07 pm

Relembrando a primeira mensagem :

Varanda
Situada no encontro entre as vidraças e a madeira escura, a varanda é adornada para o espaço. Por estar em uma altura elevada, 267 metros, para ser exato, é possível obter a visão dos mais altos prédios de Manhattan.


Thanks to +Lia atOps
Secret
avatar
Admin

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Varanda...

Mensagem por Juliet Marie Hotchner em Ter Set 10, 2013 6:46 pm

Ocupação?

Un monde égoïste, une guitare à la main une liste de composition et de la liberté, c'est pourquoi je suis comme ça aujourd'hui.

Tagged: Thomas
Vestindo: This
Local: Festa dos Morteri

Eu olhei para baixo enquanto era puxada por Thomas para o bar do local, para não tropeçar. Ele pediu champanhe e me perguntou o que eu iria querer. Ergui as sobrancelhas para ele.
 - Sou menor, não tenho permissão para beber. - falei - E não beberia de qualquer jeito, depois do meu pai.
O clima da festa não combinava com as minhas palavras. Enquanto eu era melancólica e sarcástica, à minha volta várias garotas se mexiam com a música enquanto riam nos ouvidos umas das outras e vários garotos ficavam à margem, olhando algumas delas. Passei os olhos rapidamente por eles, até porque estava escuro demais para reconhecer alguém. E afinal, quem eu reconheceria ali? Era nova no país. Suspirei enquanto procurava algo com o que me ocupar.
Thanks Babydoll @ TPO
Juliet Marie Hotchner
avatar
Partout sur la planète
La femme ne devrait pas trouver un homme pour la protéger, mais une manière de se protégeant.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Varanda...

Mensagem por Thomas Grindscor Alascer em Ter Set 10, 2013 7:13 pm



"Redefinindo a natureza,acrescentando riqueza, beleza e dimensão. "
Pintando o 7

Juliet recusou a bebida. Eu não liguei muito, mas se ela não bebesse iria só comer, imagino eu, essa festa só deve ter álcool e água.
Vejo Jules observando os convidados. Era sempre a mesma coisa, pessoas dançando, com copos e garrafas nas mãos, uma cochichando no ouvido da outra. Pego meu shampagne e puxo Juliet para o meio da pista e começo a dançar com ela. Uma dança comum, já que tocava rock, mas não um rock muito pesado –por enquanto- era uma coisa mais calma.
No momento em que me inclinei para conversar com Juliet, um jato de tinta bateu em meu rosto. Não consegui evitar de sorrir, os espasmos atingiam todos. Aquilo era tão divertido! Reparei que tinha um local onde os jatos eram mais intensos. Pus a mão esquerda na cintura de Juliet e a puxei para o local.
Assim que pisamos lá, um jato verde atingiu o vestido de Juliet. Sorri.
- Esse é o preço a ser pago pela diversão. – E dou uma bebericada em minha taça enquanto sou atingido por jatos azuis

clothes: [url=link do set] this (clica!) [/url] # tags: Juliet # music: nome da música. # Thanks Maay From TPO.

Thomas Grindscor Alascer
avatar
New York City
Posso ser o que você quiser
Universitários

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Varanda...

Mensagem por Juliet Marie Hotchner em Ter Set 10, 2013 7:25 pm

Tinta!

Un monde égoïste, une guitare à la main une liste de composition et de la liberté, c'est pourquoi je suis comme ça aujourd'hui.

Tagged: Thomas
Vestindo: This
Local: Festa dos Morteri

Eu não era muito de dançar, mas era realmente divertido quando estava com Thomas. Ele era... Contagiante. O seu sorriso me dava vontade de sorrir e seu jeito me dava vontade de nunca sair do seu lado. Ele se inclinou para falar comigo e então foi atingido por um jato de tinta. Eu ri alto e ele me puxou pela cintura para um lugar onde os jatos eram mais intensos e, portanto, mais reservado. As garotas não queriam sujar seus vestidos.
Por um milagre, era o que eu usava no momento. Na verdade, quanto mais um parava para pensar no porquê estava o usando, menos gostava. Eu queria impressioná-lo. Era realmente uma idiota. Fui arrancada dos meus devaneios quando um jato atingiu meu vestido. Eu ri enquanto escutava Thomas e ainda mais quando um jato de tinta entrou na sua taça.
 - Parece que o preço foi maior para você. - falei em seu ouvido.
Thanks Babydoll @ TPO
Juliet Marie Hotchner
avatar
Partout sur la planète
La femme ne devrait pas trouver un homme pour la protéger, mais une manière de se protégeant.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Varanda...

Mensagem por Mark Greak Mordeck em Ter Set 10, 2013 8:02 pm

Let's go party, drink (:
O CÚ DA MÃE QUE EU VOU FICAR SÓ NESSA BOSTA !

Só acho que ficar só me traria maus problemas,
eu vim para cá para beber ,
me divertir ,
conhecer novas amizades e
xxx.
Bom , é isso.
Vejo pessoas com seus companheiros ,
meninas com sussurros ,
meninos com suas brincadeiras idiotas,
e eu ali com meu whisky ,
eu logo fui para perto do som,
peguei o microfone ,
e falei ;
- Pessoal vocês não acham que essa festa esta muito para baixo - ouço gritos do tipo Siiiiiim , logo aumento o volume , pego a mangueira de tinta verde e jogo em todos - Que comece a putaria ... digo a FESTA
Quer saber a festa começou a melhorar desde ai,
Pelo menos para mim ,
Me arrependi de ter jogado o jato,
Aliais , não me arrependi ,
Pois a maioria ainda estava no refrigerante !
Mais foda-se isso,
Começo a dançar , de um jeito louco ,
Bem louco.
@TPO



Mark Greak Mordeck
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Varanda...

Mensagem por Thomas Grindscor Alascer em Ter Set 10, 2013 8:29 pm



"Redefinindo a natureza,acrescentando riqueza, beleza e dimensão. "
Epa, aí não!

Tinta azul cai na minha taça, mas mesmo assim beberico da bebida. E cuspo. O gosto amargo invade a minha boca, e sou obrigado a cuspir, mas sou sensato o suficiente para não cuspir na garota à minha frente. Sorrio depois de fazer cara de nojo.
Juliet se inclina e diz em meu ouvido:
-O preço foi mais alto pra você. – A sua respiração em meu pescoço em faz arrepiar. Assim que ela se afasta, eu me inclino em direção aos seu ouvido.
-É...não foi uma experiência legal. – Me afasto e dou meu melhor sorriso de conquista.
Os espasmos coloridos continuam, a festa estava movimentada e cada vez mais pessoas chegavam. Tento achar Beckie por ali, mas com a falta de iluminação é basicamente impossível.
Sinto uma mão, na minha bunda. Me viro lentamente e vejo uma garota, ela sorria para mim. Não sorri para ela, em respeito à Jules, mas porque? Nós tínhamos alguma coisa? Ela ficaria enciumada? Não sei, mas me sentiria mal em paquerar outra garota na frente dela.
Continuo ali, e um grupo de amigas se juntam à garota de antes. Juliet parece ter notado, mas não sei sua reação.
clothes: [url=link do set] this (clica!) [/url] # tags: Juliet # music: nome da música. # Thanks Maay From TPO.


Thomas Grindscor Alascer
avatar
New York City
Posso ser o que você quiser
Universitários

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Varanda...

Mensagem por Juliet Marie Hotchner em Ter Set 10, 2013 8:49 pm

Quoi?

Un monde égoïste, une guitare à la main une liste de composition et de la liberté, c'est pourquoi je suis comme ça aujourd'hui.

Tagged: Thomas
Vestindo: This
Local: Festa dos Morteri

Eu dou um sorriso enquanto ele sussurra de volta. Não pude deixar de rir quando ele me deu um sorriso sedutor. Ou era só a minha mente me pregando peças? Afinal, por que um universitário iria querer seduzir uma garota como eu? Eu ainda estava devaneando quando percebi uma movimentação ao meu redor.
Uma garota estava com a mão num lugar bem indiscreto do corpo do meu... Amigo. Amigo, lembrei a mim mesma. Então, por que eu não queria que ela estivesse ali? Que ela tirasse a mão dele e simplesmente evaporasse? Por que isso me incomodava? Porém, fiquei neutra diante da situação.
Foi quando um grupo considerável de garotas se juntou perto de Thomas que eu percebi que estava atrapalhando. E gostando de atrapalhar. Provavelmente, elas achavam que eu era "ficante" dele ou algo do tipo e queriam "roubá-lo" de mim. Mesmo eu sabendo que não era verdade, me sentia roubada. Por quê? Por fim, decidi deixar a decisão nas mãos de Thomas.
 - Parece que eu atrapalho. - falei - Eu vou dar uma volta, procurar alguns conhecidos.
Eu então me virei para sair. Claro, uma jogada estúpida. Eu não tinha conhecidos e, com certeza, Thomas não iria deixar de ficar com várias garotas para simplesmente estar comigo. Porém, se ele não o fizesse, eu também não o queria.
Thanks Babydoll @ TPO
Juliet Marie Hotchner
avatar
Partout sur la planète
La femme ne devrait pas trouver un homme pour la protéger, mais une manière de se protégeant.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Varanda...

Mensagem por Billie C. Thénardier em Ter Set 10, 2013 9:00 pm

Mark e seu showzinho
Com: sua interação; humor: o que está sentindo; vestindo;[ Thanks Maay; From TPO


Visto meu melhor traje preto, jaqueta de couro, camisa do AC/DC e calça preta. Entro no Impala e parto para Manhattan.
Desço no estacionamento do edifício e subo de elevado até à cobertura. Flagro casais se pegando no corredor e sorrio. Se estava assim no corredor, imagina lá dentro?
Entro no apartamento e já ouço a música e a gritaria. Mas espera, tem alguém falando. Eu conheço essa voz. É o Mark? Cara, meu irmão adora causar!
Vou correndo até a varanda para não perder nem um momento do showzinho do Mark.
-Não acham que essa festa ta meio pra baixo? – Diz ele pegando uma mangueira, provavelmente de tinta. - Que comece a putaria ... digo a FESTA – Não consigo deixar de sorrir, Mark pega a mangueira e esguicha tinta fosforescente nos convidados que vão ao delírio.
Vou andando até lá. Com a escuridão foi bem difícil encontrar Mark, já que ele já havia descido do palco.
Vou andando por ali, pessoas bebendo, pessoas fumando, pessoas se pegando. A festa estava perfeita!
Vou até o bar e peço um copo de vodka, pura. Vou andando até Mark, que vejo por ali, provavelmente procurando uma boca para beijar. Chego perto dele e bato ems ua bunda,
-Cheguei, vagabundo.


Billie C. Thénardier
avatar
Em um canto.
Te querendo. :3
ESPS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Varanda...

Mensagem por Thomas Grindscor Alascer em Ter Set 10, 2013 9:27 pm



"Redefinindo a natureza,acrescentando riqueza, beleza e dimensão. "
Vadias, não.

Juliet continuou neutra, mas dava para perceber a sua insatisfação.
As garotas continuam a me fitar, olho para Juliet, ignorando-as.
-Parece que eu atrapalho. Eu vou dar uma volta, procurar alguns conhecidos – Disse Juliet se virando para sair. A puxo pelo braço .
-Não, Jules,eu não vou ficar com elas. – Aponto para as garotas, e elas percebem – Eu convidei você para vir, não vamos nos separar. Se dependesse de mim nunca iríamos...-Digo a última frase inaudívelmente.
Eu não iria realmente troca-la por um bando de vadias que eu mal conhecia. Pelo pouco que conhecia Juliet, sabia que ela não ia sair apertando as nádegas de qualquer um em uma festa. Elas eram o tipo de garota que se chega e diz “Ei, deixa e te comer” e elas o levam para sua cama. Juliet jamais faria isso, disso eu tenho certeza.
Um garoto sobe no palco e começa agritar e espirra tinta em nos convidados.
-Vamos lá, Jules, mais sujo que já estamos não tem como ficar.-
Nós fomos, e ficamos lá, no meio do pessoal, cantando as músicas –que nós dois adoramos- e dançando ao meio de jatos de tinta.
Sorrio olhando para Juliet, pelo fato de a noite só estar começando.

clothes: [url=link do set] this (clica!) [/url] # tags: Juliet # music: nome da música. # Thanks Maay From TPO.

Thomas Grindscor Alascer
avatar
New York City
Posso ser o que você quiser
Universitários

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Varanda...

Mensagem por Juliet Marie Hotchner em Ter Set 10, 2013 9:52 pm

Damn It

Un monde égoïste, une guitare à la main une liste de composition et de la liberté, c'est pourquoi je suis comme ça aujourd'hui.

Tagged: Thomas
Vestindo: This
Local: Festa dos Morteri

Eu tive que me controlar para não demonstrar minha satisfação quando Thomas trocou todas aquelas garotas pela minha humilde pessoa. Não pude deixar de me perguntar quais eram os motivos para que ele estivesse fazendo aquilo. "Ele gosta de você" disse uma voz na minha cabeça. Não seja ridícula, rebati. Ele não gostaria.
Thomas me tirou dos meus devaneios me levando para perto dos jatos de tinta. Eu procurei manter os olhos semicerrados, mas o sorriso dele ao meu lado não ajudava. O que era isso? O que me fazia ficar cada vez mais... Apaixonada? Não, não poderia estar. Eu não me apaixono. Nunca.
Por um momento, eu encaro seu olhar sobre mim e então um sorriso se abre no meu rosto. Ah, droga pensei.
Thanks Babydoll @ TPO
Juliet Marie Hotchner
avatar
Partout sur la planète
La femme ne devrait pas trouver un homme pour la protéger, mais une manière de se protégeant.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Varanda...

Mensagem por Barbara Murdoch Bertrand em Ter Set 10, 2013 11:36 pm


Bad girls do it well

Pull me closer if you think you can hang;


Fitando o horizonte como se não fosse noite, ermo, prostrado e desolado; Eu conhecia aquele olhar de Aimée, eu sabia o porquê daquele comportamento que já durava dias. Ora ela tentava disfarçar e às vezes até sorria sinceramente mas, na maior parte das vezes seu olhar era baixo, afrontava o chão como quem beira o precipício. Eu fingia não saber, infelizmente tinha o terrível hábito de achar que as pessoas reagiam como eu e claramente não reagiam, desta vez não foi diferente das demais, Eu me preocupava demais com Aimée e consequentemente sentiria comiserável com sua situação, na pior das hipóteses sentiria dó. E piedade para mim sempre fora um sentimento desprezível, uma ofensa, eu era boa o suficiente para enfrentar tudo sozinha e Aimée também não era diferente. Além do mais seria o melhor para ela. “A dor é a melhor professora na escola da vida” “Só se aprende a se levantar com as quedas” Ouvira inúmeras vezes, concordava integralmente. — Eu vou contigo. Não acho que dançar seja uma boa até me acostumar com o escuro. — Ela disse e eu assenti complacente. Caminhei até o bar com passos potentes e cabeça erguida, impondo respeito; Assim todos saberiam que havia chegado e não queria levar uma gota de tinta sequer, não por enquanto depois de beber, talvez.

Sustentei-me sobre a bancada do bar e estalei os dedos fazendo sinal para o barman — Cosmopolitan, s'il vous plaît — Eu precisava de Álcool, uma pequena dose que fosse.

Te vejo depois. — Aimée disse saindo do meu lado, pisquei de surpresa tentando imaginar aonde ela estria indo. Talvez tivesse encontrado algum conhecido ou alguma amiga, era bom que ela se socializasse, sinal de que ela estava se recuperando. Olhei incrédula ela se esvair em meio à multidão — Era só o que me faltava! — Exclamei para mim me virando para pegar o drink que acabara de chegar. Beberiquei um pouco do líquido encostada na mesma bancada, olhei para os lados para conferir quem estava por perto. Conferi o canto mais escuro e rolei os olhos com a explicitude da situação, ingeri mais um gole generoso da bebida suspirando e caminhando para perto da figura sombria que se embebedava em uísque.

Batman!? Oh pardon, Edgar! Minhas desculpas, pensei que se tratava do cavaleiro das trevas. — Ele não parecia se divertir com o meu sarcasmo. Edgar parecia carregar uma aura negra sobre si por onde quer que ele ande, eu particularmente não me lembrava de tê-lo visto sorrir; Era sempre sério, com cara de poucos amigos, e de alguma forma que eu nunca conseguirei entender, era sedutor. Se bem que ele não era de todo mal, me encantava o azul cintilante de suas íris, e de alguma forma sua aparência sombria era instigante. — Essa festa não era da sua família? Você não deveria estar... Dando uma festa? Cantos escuros não são lugares para anfitriões, e bar não é lugar pra gente como eu. Me acompanhe até a pista de dança — Estendi a mão delicadamente. Eu sabia que estar na pista de dança significava se sujar de tinta, mas esse era o tema da festa afinal. Não fazia muito tempo, um garoto assumira o microfone gritando palavras que eu nem sequer prestara atenção, mas eu notei quando ele começou a apontar uma mangueira que jorrava tinta verde para todos. Apesar da desordem a pista era o centro da atenção da festa, e eu sabia o que estava fazendo.


POST:??? • CLOTHES: This • LISTENING: Li$ten 2 the grrls - Ssion• NOTES: Batman! Oh pardon, Edgar! My apologies, I thought you were the dark knight.

GarotaG- GL;
>
Barbara Murdoch Bertrand
avatar
NYC
Ugh! No.
Universitários

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Varanda...

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum