Terraço

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Terraço

Mensagem por Secret em Sex 9 Ago - 20:31:36

Relembrando a primeira mensagem :

O terraço é um cômodo bastante usado pelas moradoras da cobertura, é um espaço amplo que conta com poltronas e sofá e também cadeiras de sol, uma pequena piscina e uma ampla vista para toda a cidade. Aqui são realizadas as festas das Bertrand e também as pequenas recepções. Sua decoração é minimalista e rústica com muitos traços modernos  Possui uma pequena área coberta que conta com mesa e cadeiras para almoços ao ar livre e em um canto uma jacuzzi para momentos relaxantes. A cobertura ocupa apenas metade do topo do prédio já que a outra metade é reservada ao heliporto, bastante utilizado por Conrad e Giselle Bertrand nas visitas as suas filhas.
Secret
avatar
Admin

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Terraço

Mensagem por Nicolas R. B. Blanco em Sex 23 Ago - 23:28:14

I'm Back Bitches!!
Nunca acredite quando as pessoas dizem que você tem que ficar feliz com o que tem, há muito mais por aí e não há razão para que você não possa ter tudo. ✖
o que acontece na festa, fica na festa!


Barbie continuava me provocando, o que me deixava ainda mais animado, não sabia o que pensar sobre a Queen B. naquele momento, ela realmente estava apenas jogando comigo, ou estava se envolvendo no próprio jogo? Mais uma vez ela parecia debochar de mim — Não não Darling, pode parar. Eu trabalho sozinha nas minhas armações, ou com quem eu confie. Sorri novamente para Barbie, ela realmente estava jogando, e o pior, ela não confiava em mim, com certeza ela não me conhecia, se tinha uma coisa, uma única coisa no mundo que eu prezava era a minha palavra. Ela passou os braços ao redor de meus ombros, o  "joguinho" entre Barbie e eu  atingia níveis críticos naquele instante,ela negou que estivesse tentando me seduzir, mas aquele sussurro ao "pé do ouvido" me fez esstremecer -Mas de alguma forma, você está sendo seduzido... Eu estou te seduzindo?

Aquela altura qualquer reação que eu pudesse ter já havia sido brecada, Barbie realmente me prendeu, ela sabia que eu não resistiria por muito tempo a tentação que ela estava me proporcionando, mas continuei ali,de pé, apenas sorrindo e sendo levado conforme o jogo dela, ela acariciou meu rosto, e mordeu o próprio lábio da forma mais sensual que eu já havia visto,e novamente me provocou — Eu te deixo nervoso, Nicolas Blanco?  Barbie sabia como seduzir e estava me deixando instigado, tenho que admitir. Mas me deixar nervoso? Acho que ela não sabia mesmo com quem estava falando, afinal Barbie conhecia minha fama, era preciso mais do que apenas alguns minutos de conversa e uma mordida no lábio para me deixar nervoso perante uma mulher.

Agora eu realmente estava decidido, revirei os olhos por um instante, a festa estava quase acabando, já tinha gente até indo embora, se eu queria marcar mais um ponto com a senhorita Bertrand, aquele era o momento exato pra aprontar alguma coisa, aproveitei a proximidade e "brecha" na atmosfera defensiva que fazia todos temerem aquela loira e subi a mão direita que estava em sua cintura por entre nossos corpos, até seu queixo, com um leve toque fiz com que Barbie me olhasse nos olhos, e ali estava a chance que eu esperei a noite inteira, eu e Barbie nos olhando nos olhos, tão próximos que eu podia sentir sua respiração, dei um leve sorriso sussurrando baixinho, mas forte o suficiente para que apenas ela ouvisse.

- Muito bem B. o primeiro round você venceu.
Ao fim das palavras apenas aproximei meus lábios dos dela, primeiro serrando meus lábios aos dela com um pequeno toque, mas logo em seguida me entregando a um beijo intenso, bem eu podia até ter cedido as provocações de Barbie, mas se aquilo foi apenas mais um jogo, eu não sai de todo derrotado, anunciei minha volta em grande estilo, acabei passando a festa inteira com a mais badalada mulher de NY, e no fim de tudo ainda ganhei um beijo.

No fim das contas talvez eu e Barbie pudéssemos jogar melhor juntos, jogar sozinho torna tudo mais sem graça. Agora eu tinha certeza que seria não só capa dos jornais na manhã seguinte, mas com certeza o alvo preferido da nossa amada Secret na noite, mas agora isso pouco importava, eu apenas queria curtir o beijo da Barbie.


I'm Nick Blanco!
All Rights Reserved for Belladona
Nicolas R. B. Blanco
avatar
ESPS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Terraço

Mensagem por Secret em Sab 24 Ago - 12:41:03

Festa encerrada!


A festa foi encerrada mas vocês ainda poderão postar despedidas e posts de saída.
Secret
avatar
Admin

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Terraço

Mensagem por Barbara Murdoch Bertrand em Sab 24 Ago - 13:48:13



I'll simply knock you out
Não sei porque mas me senti surpresa quando Nicolas levou sua mão até o meu queixo; Não era nada inesperado. Ou talvez aquela sensação não fosse surpresa… Eu estava provocando-o e já era de se espera que ele como homem — Mulherengo, diga-se de passagem — Não fosse muito difícil de atiçar. Que mal fazia?  Era final de festa e ele proporcionava um boa diversão, nada mais eu tinha que fazer do que lançar alguns elogios para alimentar seu ego, chegar um pouco mais perto e falar um pouco mais baixo e ponto! —

Muito bem B. o primeiro round você venceu. — Ele se aproximou e tocou os lábios nos meus e eu respondi apropriadamente  beijando-o suavemente; Eu já podia ouvir a agitação das pessoas ao redor e o barulho dos cliques dos celulares — Fofoca bombástica para Secret — Ignorei toda a algazarra e permaneci envolvida no beijo de Nicolas, acariciei sua nuca delicadamente com as pontas dos meus dedos e infiltrei-os por entre o cabelo de Nicolas sem interromper o beijo mantendo-o doce e sutil acariciando seus lábios com os meus; Quebrei a delicadeza por um momento mordendo moderadamente seu lábio inferior repuxando-o e depois retornando ao beijo porém desta vez de forma mais intensa.  

Eu mesma interrompi o beijo e finalizei-o selando seus lábios de forma simples e tênue afastando meu rosto e olhando seus olhos por um momento — Eu sempre venço, mon cher. — Disse sínica fazendo biquinho. Acariciei a área próxima de seus lábios com o polegar direito. Pisquei maliciosamente e me afastei dando as costas pra ele  — Tenha uma boa noite, Blanco. Foi um prazer me divertir com você. — Disse por cima do ombro e saí desfilando deixando-o para trás. Se ele realmente quisesse mais alguma coisa que me procurasse depois, e também nós nos encontraríamos depois. Pode não parecer mas NY é uma cidade pequena não é mesmo? Parei na porta de entrada do terraço e disse à um dos seguranças que eu contratara só por garantia — Peça ao DJ para comunicar o fim da festa, e eu quero todos fora daqui em uma hora, vasculhe os cômodos se preciso. — Desci as escadas e fui direto para o meu quarto co ma sensação de dever cumprido. Afinal eu havia dado uma festa incrível, de última hora. Todos estariam falando sobre ela e Consequentemente sobre mim pelo resto da semana, beijei um garoto e ainda garanti minha próxima aparição na Secret em grande estilo. Peguei a chave do meu quarto em meu sapato e entrei trancando a porta e me jogando na cama. Uma boa soneca era tudo o que eu precisava para fechar um dia de sucesso. Eu devo corrigir o que disse mais cedo, não é minha vida que é perfeita: Eu sou.




POST: ???

NOTES: "It was a pleasure to have Fun with you"

CLOTHES: This

LYRICS: Keeps Getting Better- Christina Aguilera

TAGS: Party up baby!

clumsy @ SA
Barbara Murdoch Bertrand
avatar
NYC
Ugh! No.
Universitários

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Terraço

Mensagem por Lunna Hill Kowalczyk em Sab 24 Ago - 23:03:04

Just a bitch
Vestindo Bertrand's house Quente Mirella # Aimée
Como sempre a resposta de Ella não me decepcionava. A única pessoa que faltava era Gerrar, pena que ele não compareceu nessa festinha. Nós três juntos éramos considerados o trio da confusão. Imagine uma destruidora de corações, uma rebelde sem causa e um rapaz sem escrúpulos no mesmo lugar. Exato, nada de bom pode vir de nós três.

Um barulho fez a festa parar, e se digo parar é porque parou mesmo. Todos fitaram o céu e notaram um maluco saltando do helicóptero. Eu pensei que ele ia morrer, para ser sincera fiquei gritando em pensamentos “Morre, morre, morre.” Infelizmente, o desgraçado tinha um paraquedas.

Revirei os olhos. O serzinho chegou escandalizando. Eles pensam que todo lugar é a casa da mãe Joana para ficar gritando. Sinceramente, eles cansam a minha beleza. Espera. Escutei bem? Nicolas? O irmão problemático, maluco, acha que é a ultima bolacha do pacote voltou? Isso não vai presta.

Ella, por que não me disse que seu querido irmãozinho estava de volta? — perguntei, dando uma cotovelada de leve nela.

Por um breve instante eu vi uma movimentação na direção da qual havia beijado o garoto com a minha visão periférica. Girei os calcanhares para vislumbrar melhor a cena. Na-na-ni-na-não, Quem esse garoto pensa que é para dar um de bonzinho em meus assuntos? Arqueei o lábio inferior desgostosa. Iria gravar aquele rosto, mais cedo ou mais tarde o encontraria, e quem  saiba o ensino que não se deve se meter em meus assuntos.

Afim de uma dança? — uma voz masculina sussurrava em meus ouvidos. Sorri maliciosa, aquela era uma festa, teria de me divertir, e vou me divertir.

Comecei a movimentar meu quadril lentamente, enquanto o rapaz pousava suas mãos em minha cintura acompanhando o ritmo. Fechei os olhos curtindo o momento. Nada iria estragar aquele momento extasiante que uma dança sensual causava em mim. Brincar com casais, ter homens em minhas mãos, era tudo que eu adorava fazer e ter.

Distanciei do garoto, dançando agora sozinha. Jogando meu cabelo para o lado em movimentos que tinha o mesmo ritmo da música. Com licença, será que seria muito incômodo sair do meu caminho? por que sempre tinha que ter uma garotinha para me importunar? Eu salguei a Santa Ceia, só pode ser. Virei  em sua direção, dando um sorriso sarcástico em sua direção, ainda dançando, sem me importar com ela. — Você chegou a fazer algum exame de vista? – perguntei com o tom debochado. — Se ainda não notou o salão é enorme, se quer passar, dê a volta, sweet. — mordi o lábio provocante. Eu já vi ela, deveria ser uma das bertrant, berdand... Seilá. Realmente não ligava. A única coisa que me importava agora era que a loira tinha se metido exatamente no ninho de cobras.

Voltei a dançar, ignorando-a. Mas não é que a infeliz esbarrou em mim de propósito? Isso não vai prestar, não mesmo. Ela nunca deve ter ouvido falar naquela famosa frase “quem mexe com fogo acaba sempre se queimando.” Já que sou uma pessoa muito prepotente, faria questão dela se lembrar desse ditado. Franzi o cenho na direção de Ella. A mesma notou que a loira iria ter problemas, e de fato teria.

Essa gentinha tem que aprender que não se mete com Katherine Marie D’alembert. — suspirei com tédio. — Com licença, cherry. Terei de fazer a caridade do dia. — peguei um copo com vodka cheia e adentrei o meio do salão, dançando até achar a minha amiguinha. Empurrei a garota que dançava com ela, parando de frente para a mesma e despejando toda a bebida alcoólica sobre sua cabeça, molhando seu cabelo, seu rosto e sua roupa. Sorri fingindo surpresa.  — Ops, foi sem querer. — coloquei a mão na boca. — Poxa, é feio mentir, não é? Felizmente, foi de propósito. — disse cinicamente — Tenha uma ótima noite, my love.

A maioria das pessoas por perto parou para ver a cena. Eu girei os calcanhares e empurrei os curiosos do caminho, dando uma risada bem humorada. Ella ficou ao meu lado até chegarmos perto da porta. Virei para ver a garota ensopada e fiz questão de mandar um beijinho. Provocação deveria ser meu nome do meio, acho que meus pais erraram no cartório. Sai do apartamento muito contente, além do mais, fazer vitimas e causar era o dever de qualquer bitch.


By Kamyla Parra @ All Right Reseved
Lunna Hill Kowalczyk
avatar
Sendo Alone q
Quer mesmo saber?
ESPS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Terraço

Mensagem por Mirella Rivera Bellmost em Dom 25 Ago - 0:28:02



Let's party
I love the way that your heart breaks with every injustice and deadly fate praying it all be new and living like ----------------------------------- ♥



Enquanto caminhava dançando ao ritmo da música chamando a atenção de todos a sua volta, Ella e sua amiga iam dar o que falar na festa e Kath não espera nem seque um minuto para se "jogar nos braços" de um mauricinho qualquer do salão. Pegou o copo de um dos garotos que estavam de boca aberta a olhando sem ao menos piscar e tomou um gole longo devolvendo enquanto dava uma piscada rápida - obrigada, gato! - sorria e sentia o ritmo da música contagiar seu corpo. Balançava os cabelos loiros até que um moreno, muito bonito por sinal, se aproxima da mesma e começa a dançar junto à ela e a loira que não é boba se aproveita da situação. Alguns segundos depois é interrompida pela voz enjoada da Barbara, mais conhecida como Queen B. cumprimentando-a. A olha de cima a baixo e a observa dando o "discurso" do dia e dava vontade de vomitar só de ouvir aquela voz irritante. Sim, Mirella a odiava mais que tudo e não era por inveja e sim porque Barbie era o tipo de pessoa que Mirella gostaria de manter o máximo de distância possível. Sem desviar o olhar da loira B., respondi ao comentário de Kath - Eh Kath, sempre lendo minha mente. Também acho que esse visual dela está muito.... digamos, brega. Deviamos dar à ele uma cor mais bonita, num acha? - diz enquanto seu olhar se direcionava ao ponche que estava ao nosso lado.

Enquanto a loira observava os passos da Barbie parar colocar seu plano em ação,percebe todos olharem para o outro lado do salão e avista Nicolas, seu irmão caçula que não vê a uns dois anos. Não acreditava no que via até que escuta o toque de sms no celular avisando mais uma bomba no blog da Secret e sim, era realmente Nick ali na festa. "Como aquele ser volta para NY e não tem nem a descencia de me avisar?!" pensa ficando com muita raiva dele no momento. Os dois estavam muito próximos como se fossem íntimos e Ella não estava gostando nenhum pouco disso. Será mais um motivo para Mirella sujá-la de Ponche? CLARO! Desvia o olhar para a Kath após sentir a cotovelada de leve no braço - Kath, meu querido irmãzinho não me disse nada. Mas ele vai ver só depois da festa. Antes quero fazer outra coisa, quem aquela garota pensa que é pra ficar atrás do Nick desse jeito!? Ela que se cuide. - diz pegando um copo com tequila do garçom que havia passado tomando tudo em um único gole sentindo a bebida queimar toda sua garganta. Após isso, dá um sorriso maquiavélico para Kath sem dizer nenhuma palavra desconfiando que a morena já saberia o que Ella iria aprontar, porém havia perdido a oportunidade assim que vê a Barbie saindo da festa. Volta a dançar freneticamente e percebi que uma das Bertrand, conhecido como Aimée, esbarra de propósito na Kath. - Se mete com Katherine, automaticamente mete com Mirella Rivera Bellmost. - Afasta um pouco para não se sujar, afinal percebe o que Kath iria aprontar e quem deveria sair toda suja aqui era a Aimée. Dá uma risada olhando para a loira toda suja - Eh Kath, somos muito bitch mesmo. Pena que minha vítima fugiu. Mas teremos outras oportunidades num é mesmo?! - sorria caminhando até a saída do apartamento juntamente com sua amiga.


Tags: Katherine • Clothes: this • Music: In da Club  • Thanks Breeh@TPO
Mirella Rivera Bellmost
avatar
Universitários

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Terraço

Mensagem por Aimée Murdoch Bertrand em Seg 26 Ago - 15:41:28


step back, bitch!
I just wanna play so get out of my way If you know what's better for you


With: Katherine e Thomas (George)

Where: Bertrand's Party

Clothes: this

Tags: I'm so much better than this

Havia aprendido muita coisa desde que chegara em Manhattan, uma delas era ignorar veementemente pessoas indesejadas, e assim o fiz. Enquanto a morena desconhecida tentava me intimidar com palavras – sem nexo para mim –, continuei minha rota original e dançava entre as pessoas, cumprimentando um aqui, outro ali, como boa anfitriã que era. Meus passos de dança eram descontraídos, mas sem sair do ritmo como outras pessoas saíam, apesar de que dançar era a área de Chenny. Ao menos a missão de não pisar nos pés alheios estava sendo concluída. Caminhei até a mesa de bebidas uma vez mais, dessa vez pegando um copo de suco sem álcool, já que eu iria parar de me embebedar e procurar vícios mais saudáveis. Aquele pequeno momento com Emily no hospital me fez rever alguns de meus conceitos. Beberiquei um pouco do líquido rosa e desde já me arrependi. Suco de morango não era um de meus favoritos nem de longe. Deixei imediatamente o copo no mesmo lugar de antes, desfazendo minha careta temporária pelo gosto tão doce da bebida e logo girando em meus calcanhares para visualizar as pessoas da festa por aquele ângulo. Eu não deveria ter olhado agora, não mesmo! Não acredito que ela está fazendo isso. Não, espera, ela pode fazer isso, afinal Barbara era dona de si e respondia por seus próprios atos. Nessa confusão de pensamentos, minha boca se abriu em forma de surpresa não só por ver Barbie correspondendo ao beijo do rapaz “novo”, como também por perceber quantos clicks de fotos os jovens podem tirar em trinta segundos. Ou mais... O tempo era relativo nessas horas. Recompus minha expressão assim que eles se apartaram, mordendo a bochecha internamente e respirando fundo, desviando o olhar do casal para os outros convidados. Aquela esperança de que ele entraria por aquela porta era tosca demais a essa altura? Tosca estava sendo eu de pensar que Tobias ainda se importava de me dar alguma satisfação. Já haviam se passado duas semanas da nossa trégua, estávamos até bem demais e mais uma vez me vi iludida com a proposta de mudança dele. Revirei os olhos e balancei a cabeça negativamente, tinha que tirar esses pensamentos daqui, eles não são bem vindos em uma festa. Mesmo que não gostasse da música que estava tocando no momento, voltei para a pista de dança a fim de dançar. Talvez eu substituísse a ressaca do álcool não ingerido por cansaço para dormir aquela noite, seria mais divertido e saudável. Encontrei novamente com Natalie na pista, só que dessa vez mantive uma distância mais razoável, talvez a moça já estivesse em seu estopim e eu realmente estava fugindo de confusão naquele dia.

Por mais que eu fugisse de confusão, a confusão tinha que chegar até mim. Minha dança foi interrompida pela morena mal vestida, que estava com um copo em mãos. Suspirei e olhei para ela com meu falso olhar condescendente, deixando meus braços caírem ao lado do meu corpo. A troca de olhares com ela durou menos do que três segundos até sentir o líquido gelado escorrer desde minha cabeça até parte de minha calça. Meus olhos se fecharam automaticamente por conta da ação e logo joguei as mechas louras molhadas para trás, ajeitando meu cabelo da melhor forma possível. Mordi o lábio com tamanha força que por um instante eu pensei que conseguiria corta-lo, controlando o acesso de ira que teimava em tomar os músculos de meu corpo. Ao abrir os olhos, notei o que era pior em tudo isso. Não era as pessoas que estavam olhando, ou meu cabelo pregado, era minha jaqueta. COMO ASSIM ELA ESTRAGAVA A MINHA JAQUETA EXCLUSIVA DIANA? Tá, não era a mais cara que eu tinha no guarda-roupa, mas era uma de minhas favoritas e era exclusiva, do tipo ninguém mais tem, nem mesmo minhas irmãs ou Elsa Holsk! Levantei o olhar para ela, a fúria subindo pela minha cabeça, mas só o que fiz foi abrir um largo e irônico sorriso e balançar a cabeça em reprovação para ela. As pessoas nunca aprendem que não podem mexer em uma caixa de abelha se não quer ser picado. Logo eu já estava recomposta e olhava para a desconhecida, que ainda tentava me atingir com palavras sem sentido pra mim. – Ops, foi sem querer. Poxa, é feio mentir, não é? Felizmente, foi de propósito. — Gargalhei tão alto que se sobressaiu ao som que tocava na festa. – Eu notei, Darling. Pena que você é tão baixa que precisa despejar bebida em cima de mim para chamar a atenção. Aposto que vai contar pra todas as amiguinhas, né? Afinal, eu sou Aimée BERTRAND. Só os meus sapatos valem mais do que todo o seu guarda-roupa. E você é... – Fiz minha expressão de pensativa, franzindo o cenho falsamente. – Como é mesmo seu nome, Caitlyn? Caitlyn de quê mesmo? Ah, é, esqueci que não faço questão de saber o nome da escória. – Lancei a ela outro sorriso triunfante e dei as costas para ela. Pobrezinha, pensava que isso iria sair barato... Enfiei a mão no pote de salgadinhos intensamente vermelhos de um garoto ao meu lado, fui atrás dela silenciosamente e passei a mão em seu traseiro. Como era uma festa cheia e ela certamente não se importaria, mal percebeu. Oh-oh, parece que alguém precisa de um tampão! Peguei meu celular rapidamente, tirei uma foto e mandei para a Secret. A coitadinha ia saindo toda feliz como se fosse alguma coisa, parou na porta e mandou um beijo. E eu? Apenas sorri... Ela não sabia o que a aguardava.

– Miss Aimée, posso lhe falar um instante. – Fui surpreendida pela voz de Thomas na porta de saída do terraço. Ele tinha um ar intrigante e estava com um pacote pequeno em mãos. Mas o que ele tinha de tão importante pra falar comigo a essa hora da noite? Era fim de semana, os funcionários eram dispensados mais cedo nesses dias exatamente para aproveitarem assim como nós fazíamos. – É importante, sobre o senhor Kerzhakov. – Meu coração parecia que sairia pela boca ao ouvir aquele sobrenome. Mordi os lábios e olhei para os lados, realmente a festa havia terminado para mim. Acenei afirmativamente com a cabeça para ele e caminhei para fora do terraço acompanhada por meu motorista de semblante sereno, que me fitava intrigado. – É uma boa hora, senhorita? – Acho que Thomas estava preocupado com o cheiro de álcool que eu exalava, culpa da tentativa falha da senhorita Ninguém de causar algum efeito sobre mim. – Claro, Thomas... Isso é apenas mais uma querendo lucrar fama às minhas custas. E se é sobre Tobias, eu quero saber logo. – Descemos então as escadas, saindo dali, meu coração ainda martelava e o assunto “Tobias” já sobressaía à qualquer outra coisa que houvesse acontecido naquela festa.

Turno Encerrado
after all, i'm aimée bertrand. only my shoes are worth more than your entire wardrobe. And you are ... how's your name, caitlyn? caitlyn for what really? Oh yeah, i forgot that i must not know the name of the slag.

Edited by DanZz for SourceCode
Aimée Murdoch Bertrand
avatar
ESPS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Terraço

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum