Terraço e Varanda

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Terraço e Varanda

Mensagem por Secret em Qui 15 Ago - 14:33:48

Terraço e Varanda
Além dos quartos, o segundo andar tem sua metade tomada pelo pela terraço com piscina. Enquanto, no primeiro andar, há uma confortável varanda com uma bela vista e muito bem decorada com ótimos sofás e uma lareira aconchegante.
Outra img: AQUI


Thanks to +Lia atOps
Secret
avatar
Admin

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Terraço e Varanda

Mensagem por Rachel Horowitz-Berry em Ter 12 Nov - 23:32:40

The Terror Time ! Get Ready.
Pela primeira vez desde que havia vindo para a cidade, uma festa estava sendo proveitosa para mim. Já havia perdido a conta de quantas doses de uísque havia bebido, ainda assim estava consciente, não faria nada de tão exuberante até então. Estava caminhando pelo Hall, observando a decoração impressionante e assustadora daquela festa, a dona da casa sabia mesmo entrar no espirito do dia das bruxas. As batidas da musica conduziam meu corpo numa dança animada, o medo que sentia pelo receio de um novo drama já havia se dissipado, talvez cedo de mais.

Senti uma vibração vindo da bolsa, uma onda de toques de telefone preencheram o local da festa repentinamente, aquilo foi assustador e pela feição de cada um ali a remetente era a mesma, Secret. Pela primeira vez eu senti-me aflita com algo que não sabia lidar, desde que havia me visto no blog da Secret eu tinha um certo receio sobre como agir na cidade e agora, saber que ela estava ali na festa, isso era um pouco apavorante."Que comece os jogos ...", as palavras pairavam em minha mente, olhava a cada um ali como se esperasse algo surpresa vindo deles, qualquer movimento vindo de qualquer um ali já era motivo para despertar minha defesa. Ter todos mascarados era terrivelmente inútil. A preocupação daquilo começou a me afetar, minha visão ficou turva por uns instantes, sentia-me abafada, o calor de todos aqueles corpos parecia centralizar-se em mim me fazendo soar frio. Tinha que sair dali, logo ou o pior iria acontecer.

Por sorte havia encontrado a varanda da casa, estava sozinha pelo visto, o vento que soprava ali era refrescante. Sentada em um dos sofás que tinha espalhados por ali, uma cartomante a poucos estava ali, porém assim que viu minha chegada saiu do local sem explicar, provavelmente logo voltaria. Meu celular estava sobre minha mão, a curiosidade de reler a mensagem era enorme. Assim que notei já havia relido as palavras ao mínimo umas cinco vezes, me perguntava como alguém conseguia ser tão assustador aquele extremo. Respirei fundo, sentindo-me um pouco mais calma, encostei minha coluna no encosto do sofá e observei as chamas da lareira queimarem, uma coloração laranja inebriante me encantava, os movimentos do fogo ia chamando minha completa atenção, fazendo-me desligar das demais coisas ao meu redor, em questão de segundos eu relaxei e mergulhei no fundo de minha mente, sonhando acordada com as melhores lembranças que tinha do tempos antigos, se fosse ao mínimo esperta deveria saber que não era algo inteligente ficar sozinha num cômodo vazio em uma festa de Halloween, tudo poderia acontecer e essa aflição parecia distante de minha mente nesse momento.
"Secret's rules."


Rachel Berry está Sozinha em Uma festa de Halloween e usava Fantasia de Chapeuzinho Vermelho. Thanks clumsy do SA
Rachel Horowitz-Berry
avatar
The city that never sleeps.
I don't know, you dare find out?
Universitários

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Terraço e Varanda

Mensagem por Billie C. Thénardier em Ter 12 Nov - 23:50:40




tag: Com Rachel e Petter; wearing: Click; notes: notes;
Wathever, ou não...?

A garota parecia divertida. Mas logo, a música mudou novamente, e era simplesmente a minha música preferida. Não havia como ficar parado naquelas condições catastróficas. Me sentia como se tivesse ingerido meio quilo de êxtase.
Um garçom-esqueleto passa por mim, pego dois pequenos copos de vodca, e bebo um, após o outro, sem para nem mesmo para respirar. Aquilo estava incrível, não tinha como ficar melhor.
Caminho até a mesa dos doces, e pego mais um dos deliciosos doces-barata. O “crac-crac” sai da minha boca, o que faz com que eu me arrepio, em resposta à agonia. Mas era uma sensação boa. Mas quando se trata de Billie, não se pode levar em consideração. Como dizem por todos os canto por onde passo: “Esse garoto é louco, muito louco!”
A música continua. E eu parto para a pista de dança. Dançar nunca fora meu forte, mas até que eu estava me saindo relativamente bem essa noite. Dancei com uma garota vestida de vampira, um espartilho bem rente ao corpo, em um vermelho chamativo. Ela era muito gata. Mas não passou de alguns beijos, e eu me desvencilhei da loira, indo em direção a mais um dos garçons-Caveira.
Dessa vez pego um copo, um copo longo. Com uma bebida com gosto de limão. Que diabos era aquilo? Quem se importa? Deve ser uma simples limonada, com teor alcóolico, nada de mais.
“Bip-bip-bip” Meu celular vibra sob o bolso do macacão ensanguentado de Jason, ao qual eu vestia. Rapidamente o puxo de lá. Olho o visor.
Era um aviso de nova mensagem do Blog da Secret. Aquela mulher era má, mas era fabulosa. As coisas que cuspiam sobre os cidadãos Nova Iorquinos, que ela considerava importante o suficiente., eram de cair o queixo. Nada havia falado de mim, a não ser pequenas citações, não fazia, na verdade, a menor questão. Mas ser reconhecido nunca é em vão.
Um súbito enjoo me atinge. O que me faz cuspir toda a bebida azeda sobre o carpete, até então, intacto das Dakhölme. Que seja, se você dá uma festa, tem que estar a par de qeue está totalmente propícia à sujeira, coisas nojentas, vômito e...esperma. Argh! Mas qual é a preocupação? Elas tinham milhares de empregados para limparem tudo para elas.
Sendo assim, dou de ombros, e resolvo ir até a varanda. Precisava de ar. Não estava nada bem.
Caminho por alguns corredores da grande casa. Tudo bem, minha casa era realmente bonita, e  espaçosa. Mas aquilo era um palacete. Todos os detalhes decorados no mais fino gosto. Elas deviam ser milionárias. Só pelo porte da festa que elas estavam dando, era notável.
Abro uma porta que dava acesso á varanda. O ar gelado e poluído da noite nova iorquino bate contra meu rosto. Respiro fundo. Depois de tanto tumulto, e pior, de tanta bebida, era bom respirar um ar puro. Ou não tão puro assim.
Ouço alguns passos. Olho para o lado, e noto que estava acompanhado.
De princípio eu não dou prioridade à moça que se encontrava ali. Ela era morena, e bem mais baixa que eu. . Dava lentas passadas por ali. Finjo que não a percebi.
Caminho até o parapeito da varanda, escorando meus cotovelos ali. Como estávamos em uma cobertura, a visão da cidade era um tanto panorâmica. Senti uma solidão se aflorar em mim. Então, na tentativa de descontrair, puxo assunto com a garota.
- Festa maneira, hein! – Olho para ela.
A lua brilhava sob as águas de uma piscina às minhas costas. Mas não, não, não. Me segurei à tentação de não pular. Na última festa não foi nada legal o que a piscina causou.
Sem água, por favor.
Ouço passos vindos da porta.
- Isso está ficando cheio, cara! – Digo alto e sorrindo
"Secret's rules"




Varanda? Okay e.e

tanks beecky, at oops!

Billie C. Thénardier
avatar
Em um canto.
Te querendo. :3
ESPS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Terraço e Varanda

Mensagem por Noah Vane Bellator em Qua 13 Nov - 0:03:29



Sweet dreams

Sweet dreams are made of these
Ele segurou o braço da garota sobre o seu, deu uma olhada a sua volta e pode perceber que algumas pessoas já perambulavam pelo local ainda acanhados, como se esperando serem convidados a se enturmar, Andrew devolveu o copo já vazio a um dos esqueletos garçom e iniciou uma caminhada pelo ambiete, estava tudo bem posicionado para dar um ar mais assustador ao local, seus olhos vagavam pelo lugar fazendo anotações mentais de tudo que via, desde os ambientes até as fantasias que as pessoas vestiam o que era realmente divertido para o rapaz que gostava da época do ano em questão, as festas que a abrangiam eram sempre divertidas e diferentes do comum o que tornava tudo ainda mais interessante e tentador a ele, volte e meia tinha de interromper sua caminhada devido alguma surpresa que encontrava pelo cenário mas logo tornava a caminhar, nesse meio tempo mais um copo foi esvaziado pelo garoto.Ele mantinha a garota próxima a si enquanto passava por um corredor em que aranhas caiam sobre seus ombros e a luz baixa fazia com que pudessem esbarrar nas pessoas com facilidade, após algum tempo ele deteve os passos e se virou para a garota, uma aranha caiu sobre o ombro dela e ele retirou com um movimento sútil.
'-Enfim... Irei pegar algumas bebidas.
Dito isso com um tom um tanto quanto monótono Peter girou sob os calcanhares e refez o caminho que havia trilhado com a garota, seu olhar era atento a tudo que ocorria ao seu redor, ao se aproximar de um dos garçons viu o mesmo parar de repente e olhar por cima do ombro do garoto, ele questionou o que estaria fazendo e tudo que o homem fez foi apontar na direção que olhava, Peter se virou e pode ver a tempo de ouvir a anfitriã pronunciar um discurso meio a tento as palavras dela e meio atento a reação de todos a sua volta, não demorou e algo vibrou, ao postar a mão dentro do bolso ele retirou o aparelho celular visualizando algo em sua tela, imadiatamente sua testa se franziu enquanto seu olhar atento lia cada linha escrita pela blogueira Secret. Assim que terminou olhou para as pessoas ao seu redor e viu que algumas pareciam assustadas enquanto outras se divertiam, certamente Peter era um dos rapazes que poderia se divertir com a situação. Após pegar uma bebida que lhe foi oferecida o rapaz se dirigiu a passos firmes até a varanda onde se escorou no para peito, teria a inteção de ver todo o espetáculo acontecer dali, de camarote; Ele ficou a girar o liquido dentro de seu copo de vidro enquanto com um sorriso no canto dos lábios observava as pessoas desnorteadas andando de um lado para o outro dentro do lugar.
"Secret's rules".


Tell me would you kill to save a life?
THE RAVEN@
Noah Vane Bellator
avatar
Universitários

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Terraço e Varanda

Mensagem por Dezabel D. Bates em Dom 17 Nov - 10:06:03



People falling over

Alguém imaginaria que eu, uma universitária de respeito, que nunca se deixa levar por conversinhas e boatos ficaria assustada com uma mensagem tão ridícula? Bem, talvez tenha sido o impacto de ter sido atacada por essa garota pela primeira vez, ou talvez sejam só as bebidas....

Antes de tomas qualquer decisão desesperada, preciso primeiro me situar. Pergunta um: Onde estou? Parece algo parecido com uma festa, ou comemoração, e devido às máscaras e fantasias, deve ser uma festa de Halloween. Dois: Como diabos cheguei aqui????

Como as perguntas não me ajudam, e começo a me sentir cada vez mais zonza, como se estive participando de um vídeo em câmera lenta, me arrasto até a varanda. Vejo algumas pessoas por lá, mas estou alienada a elas, então não digo nada, e me sento em um canto, observando um ponto fixo, e tentado voltar à sobriedade.

Alguém me oferece uma bebida, e o gosto salgado me faz voltar à realidade de forma brusca e inesperada. Aos poucos as informações voltam à minha mente, e eu me recordo de tudo o que aconteceu.
"Secret's rules".
thanks rapture
Dezabel D. Bates
avatar
Universitários

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Terraço e Varanda

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum