Quarto de Hóspedes

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Quarto de Hóspedes

Mensagem por Secret em Seg 8 Jul - 18:30:27

Quarto de Hóspedes
Local onde os hóspedes dos irmãos dormem e se acomodam. É iluminado pelos raios solares enquanto os mesmos estão reinando. Assim como todos os cômodos da cobertura, é rodeado por vidraças, porém, mesmo com tais, não é bloqueada a privacidade.


Thanks to +Lia atOps
Secret
avatar
Admin

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Hóspedes

Mensagem por Samira Kavanagh Grigori em Qui 25 Jul - 18:55:32



I love the way that your heart breaks with every injustice and deadly fate praying it all be new and living like ----------------------------------- ♥


Moment of Truth

Após o tropeço e de me recompor, notei que a bailarina olhava para um lugar fixo. Acompanhei a direção que ela fitava com a minha visão periférica, e o que eu vi não me agradou muito: O mascarado a fitava um tanto quanto preocupado, e ela... ela estava nervosa. Será que ela e ele estão juntos?, foi a primeira coisa que pensei, e a primeira coisa que iria descobrir. Oh se ia.

Percebi que quanto os olhares dos dois se encontraram ela ficou desesperada, e nisso, arranjou a primeira desculpa para se livrar das orbes azuladas do rapaz. Será que ele...Não tive tempo de completar meus pensamentos, senti meu braço ser puxado em direção de um corredor. Demorei um pouco para conseguir acompanhar seu ritmo, mas quando consegui, fingi que nada tinha visto.

–  Deve ter um banheiro no andar de cima. – constatei aprontando para a escada. – Vamos? -  sorri, e comecei a subir os degraus. Na minha cabeça já estava com um plano premeditado, aproveitaria que ficaríamos sozinhas e diria tudo que achava. Não dava, eu tinha de ser sincera, e se ele estava brincando comigo? Não iria deixar aquele ponto sem nó. Não mesmo. E se ela fosse a namorada dele? O que eu fiz foi errado e iria concertar.

Chegamos a uma porta e imediatamente abri. Esperei a garota entrar e acendi a luz dando para enxergar todo o quarto luxuoso e bem arquitetado. As janelas iam do teto até o chão dando para enxergar tudo que ocorria do lado de fora de Manhattan.

–  Agora que estamos a sós. – empurrei a porta com as costas. Minha cabeça estava baixa– Seja sincera comigo, está bem? – Ergui lentamente meu rosto e feitei-a nos olhos, demoradamente.  – O que rola entre você e o rapaz?  – perguntei, enquanto encostava minhas costas na porta e cruzava os braços rente ao peito.

Eu podia muito bem esquecer tudo aquilo, podia, mas o meu maior defeito é sempre ser dona da verdade. Não podia deixar aquilo sem ter uma resposta.

Era hora da verdade.


Tags:#bailarina • Notes: Sinceridade, é um prato que se come quente. • Clothes: this • Music:  Wind -Naruto  • Thanks Samy
Samira Kavanagh Grigori
avatar
Fazendo filhinhos sz
Hm...
ESPS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Hóspedes

Mensagem por Rachel Horowitz-Berry em Qui 25 Jul - 21:50:51


Danger ... Moment Of The Truth ♥

With: #Samira 'u' | Clothes: Roupa inspirada numa Fantasia de Bailarina. :3 | Feeling: Confused.

Serio, eu acho que quando uma coisa ruim esta escrita para acontecer ela acontece rápido demais. Pra piorar a situação a morena percebeu a troca de olhares entre mim e Eckl antes de ser arrastada, quer dizer eu acho que ela viu, estava confusa, nervosa talvez tendo alucinações. Paramos na frente de uma escada, foi até onde eu consegui correr, A garota sorriu e sugeriu que fossemos procurar o banheiro no andar de cima, ela não parecia estar indiferente, por um momento suspirei de alivio ela não havia percebido os olhares. Subi a escada com um certo frio na barriga, sabe quando você senti que tem algo ou alguém lhe seguindo ? Eu estava sentindo exatamente isso naquele momento. A garota andava a minha frente por aquele corredor silencioso, só se ouvia o som dos nosso passos até a hora em que ela parou a frente de uma porta e a abriu me dando sinal para entrar. Meus olhos brilharam no momento em que entrei no quarto, muito bem decorado, tudo muito lindo e bem detalhado. Andei a alguns metros e parei no centro do grande quarto, foi quando ouvi o som da porta se fechar, me virei no mesmo momento e encarei a garota que estava com uma feição seria me olhando com os braços cruzados. Abracei o braço esquerdo com a mão direita e encarei ela que começou a falar sem nenhum rodeio. – Seja sincera comigo, está bem? O que rola entre você e o rapaz?  
Respirei fundo e abaixei a cabeça sem graça, nem eu mesmo sabia o que estava rolando.
- Iria lhe fazer a mesma pergunta, vocês são namorados ? Tipo, nós apenas nos falamos por um momento mas do nada ele saiu e eu fiquei sozinha, me desculpe se ele for seu namorado ... Minha voz soava baixa e sem graça levantei devagar o rosto olhando para ela no momento em que pedi desculpas.
Ouvi um barulho do lado de fora do quarto, talvez fosse alguém passando ou algo da minha cabeça mas aquilo não importava no momento.



#Manhattan #Apartamento 3033 #Party #Samira ♥
I'm the one who want love you more ♥

flarnius
Rachel Horowitz-Berry
avatar
The city that never sleeps.
I don't know, you dare find out?
Universitários

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Hóspedes

Mensagem por Eckl Dohrn Morteri em Dom 28 Jul - 18:19:13



What are you doing here??

Eu não sabia o porquê de eu ter seguido as garotas que rumaram ao interior de minha residência. Só sei que as segui e o que vi, melhor, ouvi não foi algo que me agradou. Na verdade, me agradou de alguma maneira, pois ao ouvir o que elas conversavam atrás da porta do quarto de hóspedes, fiquei ao mesmo tempo confuso e com ego inflado. Havia algumas perguntas que eu me fazia naquele momento. Uma delas era porque elas estavam no quarto de hóspedes. Outra era por que cargas d’água elas falavam sobre minha pessoa. Uma terceira seria por que motivo, razão ou circunstância eu estava ali parado espreitando em meu próprio apartamento. Resolvi entrar.

No cômodo, a garota morena se encontrava de braços cruzados e com uma expressão que me pareceu questionadora. Rachel dava ares de estar acuada e falava com a voz um tanto embargada. Olhei de uma para outra expressando total confusão e desconhecimento do que se passava ali. Estratégia errada, pois logo me desfiz a perguntar:

- O que é que tá acontecendo aqui? Porque vocês estão no quarto de hóspedes? – Virei-me para a linda morena perfumada e dela para Rachel. – Porque vocês estão falando disso?? – Fiz a cara mais confusa que eu conseguia. Sentei na cama e aguardei respostas. Foram-me dadas, mas nenhuma tão satisfatória quanto eu esperava. Levantei. – Garotas, ahn, eu realmente estou confuso aqui... mas deixem-me esclarecer uma coisa... – Tirei a meia máscara que cobria meu rosto desde a tarde daquele dia. – Eu acabei de conhecer as duas. Conversei com a Rachel algum tempo e só. Dancei com você – falei apontando para a garota morena – e, tá, quase nos beijamos, mas também ficou... – Antes de eu terminar, Rachel me interrompeu pedindo desculpas pela situação e saiu pela entrada do quarto pedindo que ninguém a seguisse. Tentei argumentar alguma coisa, mas ela apenas acenou negativamente. Entendi. Deixei-a ir. Olhei para a morena ainda com uma expressão confusa em meu semblante.
MeNarrationOthers"Pensamentos"
Tagged: Edgar, o gêmeo mau • Clothes: Aqui!

credits@Eck
Eckl Dohrn Morteri
avatar
Manhattan
You know, right?
Universitários

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Hóspedes

Mensagem por Rachel Horowitz-Berry em Dom 28 Jul - 19:07:28

Nothing Fun I'm Torn

PARTY, IS A GOOD IDEA !?



O Clima estava mediano ali no quarto, sim eu e Morena estávamos num impasse mas também não estávamos na intenção de brigar. Ficamos paradas por alguns segundos apenas pensando foi nesse momento que minha observação detalhista foi confirmada, havia alguém atrás da porta e ninguém menos que ele: Eckl. Meu coração disparou no momento em que vi o garoto cruzar a porta e nos fazer perguntas, a única que consegui formular e responder foi "O que estão fazendo aqui ?" Pensei numa resposta plausível para aquela situação.
-Ahn, Estamos conversando apenas. Foi apenas uma confusão, só isso ... – Gaguejei um pouco enquanto falava. Igualmente a mim a Garota tentou se explicar mas pelo visto não adiantou porque o garoto parecia mais nervoso e confuso com a Situação. Ele começou a falar, tentando se explicar. "Que merda é essa, o que esta acontecendo comigo ?" Só pensava em como eu tava metida naquela confusão toda, estava meio na cara que eu estava sobrando ali, no momento em que ele falou do quase beijo deles foi a gota d'água pra mim, foi naquele momento que eu percebi "Rachel Berry, você tem que ir embora. Agora mesmo" Respirei fundo, sentia um nó na garganta, a respiração falhando, já sabia sintomas de choro de Rachel, eu estava com muita raiva de mim mesma e a pior coisa era isso, chorar de raiva. – Ok, já entendi. Olha me desculpe por esse mal entendido todo, já vou indo deixarei o "Casal" a sós.  –Interrompi o garoto que parecia estar a ponto de correr louco. Caminhei até a porta, meus olhos brilhavam cheio de lágrimas. Olhei para a garota perto da porta e movi os lábios dizendo "Foi mal ..." Vi uma movimentação sobre minhas costas e ao me virar percebi que Eckl iria vir atrás de mim. No mesmo momento fiz sinal para ele não vir e fechei a porta o mais rápido possível, sabia que se ficasse ali mais alguns segundos aconteceria o pior. Caminhei pelo corredor desolada. Respirava fundo contendo as lágrimas, eu deveria ser forte naquele momento. Não seria a primeira vez que aconteceria algo comigo daquele tipo em New York, só deveria me acostumar e aprender. Não tinha condições de descer pro Hall naquele estado então procurei o lugar mais próximo dali para respirar um pouco e me acalmar.




Feeling: Proud.  tags:#RACHEL #SAMIRA #ECKL notes: Princess Of The Beauty ~ Fantasia de Bailarina - Clique Aqui  :3


template by ree! from Ops!

Rachel Horowitz-Berry
avatar
The city that never sleeps.
I don't know, you dare find out?
Universitários

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Hóspedes

Mensagem por Samira Kavanagh Grigori em Seg 29 Jul - 19:51:29



I love the way that your heart breaks with every injustice and deadly fate praying it all be new and living like ----------------------------------- ♥


Drama's Queen

Após escutar as palavras da garota uma onda de alivio tomou conta do meu ser. Mesmo sendo a pior versão das Kavanagh’s, no fundo, bem lá no fundo, ainda possuía um “coração”—mesmo ele estando em Londres nesse exato momento. Um silencio dominou o cômodo, e meus olhos continuavam a fitá-la, observando cada movimento dela, estudando-a. Eu conheço esse olhar, melhor do que qualquer um, constatei. Entre abri os lábios, na tentativa de tentar quebrar aquele clima extremamente tenso. Não iria me desculpar, não havia necessidade nenhuma de fazer isso, apenas explicaria o que havia ocorrido para que ela não ficasse pensando coisas que não existiam. Mas como a minha sorte é grande, eis que um barulho atrapalha minha tentativa de colocar os pingos nos is.

Desviei meu olhar, fitando o rapaz que adentrava o quarto, confuso. Continuei estática, um pouco surpresa por ele ter nos seguido. Não demorou muito para Rachel se explicar, e sinceramente, aquela desculpa não convencia muito. Na tentativa frustrante de acabar com tudo aquilo, eu resolvi tentar dar uma desculpa mais convincente do que aquela.

Entramos no lugar errado. — Admito, essa não era uma bela de uma desculpa, mas o que valia era a tentativa.

O que mais me intrigou foi ele ter aparecido justamente quando nós duas estávamos tendo aquele papo... Ótima hora para aparecer. No fundo, sentia que tudo iria piorar, e como sempre estava certa. O rapaz havia escutado nossa conversinha. Observei-o sentando-se na cama, tentando dar um jeito naquilo tudo – mas somente piorou. Tirou a mascara que cobria parte de seu rosto, deixando-a de lado. Nossa. Por mais que a situação fosse estranha, ele era lindo. Balancei a cabeça negativamente tentando dissipar tais pensamentos, porém, não esperava que ele mencionasse o “quase beijo”. Não. Não. E. Não. Por que diabos foi logo falar sobre tudo aquilo?  

Imediatamente voltei minha atenção para a bailarina. Não pude deixar de revirar os olhos com as palavras dela, era automático eu fazer aquilo quando algo me desagradava. Odiava, simplesmente odiava quando as pessoas fazem uma conclusão precipitada. Por ser uma Kavanagh, fui criada para bater de frente com qualquer situação, jamais fugindo, como ela estava fazendo agora.

Arfei tentando me conter. Girei os calcanhares ficando de frente para a janela enorme. Já era fim de noite em Manhattan e mesmo assim vários carros passavam pelas diversas ruas que davam para serem vistas daquele apartamento.  Ouvia os barulhos por trás das minhas costas – do rapaz tentando se desculpar e da garota chorando e fechando a porta. Poderiam me chamar de sem coração, mas não conseguia suportar aquilo.

Novamente o silencio pairava naquele quarto gigantesco. Constatei que ele desistira de ir atrás dela. Da janela vi seu reflexo fitando-me em silencio. Eu deveria ir embora, já tinha feito muitas coisas “interessantes” para uma noite só, e por dentro desejava ter bebido muito para não ter que se lembrar de nada disso no dia seguinte.

Sabia que é feio escutar atrás da porta? — disse para quebrar o gelo. Meu olhar continuava fixo do lado de fora. Impassível.
Tags:#bailarina&mascarado • Notes: Quando a merda está feita, é melhor jogá-la logo contra o ventilador • Clothes: this • Music:  I don't care  • Thanks Samy
Samira Kavanagh Grigori
avatar
Fazendo filhinhos sz
Hm...
ESPS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Hóspedes

Mensagem por Eckl Dohrn Morteri em Sab 3 Ago - 3:54:59



Let's finish what we start... together!

— Sabia que é feio escutar atrás da porta? – Foi o que a morena me disse após a saída de Rachel que eu falhara em parar. Surpreendi-me, pois devido a reação dela, imaginei que nada mais a prendia ali. Errei novamente. Havia sim algo a prendendo ali e era certamente a mesma coisa que lhe levara até aquele aposento. – Isso depende. – Falei com uma ponta de sorriso brotando em meus lábios. – Depende da circunstância. – Comecei a me aproximar lentamente para que ela não percebesse. Eu, não sei por que motivo, tinha uma mania infernal de mudar de personalidade quando a ocasião pedia. Acontecia no maior estilo “O médico e o monstro” só que no meu caso era mais o gêmeo bom e o gêmeo safado. – Quando se é o assunto em questão, não faz mal. – Falava e me aproximava e diminuía o tom de voz para que ela não percebesse minha aproximação. – Mas acho que isso não tem sentindo... principalmente quando temos assuntos inacabados... – Estava bem perto. Pareceu-me que ela já sabia que eu estava quase colado nela, mas preferiu não esboçar reação.

- ... e nós temos assuntos inacabados. – Falei isso sussurrando em seu ouvido esquerdo e já a abraçando pela cintura. Virei-a para mim. – O que acha de continuarmos de onde paramos? – Fitei-a sensual e convidativo.
MeNarrationOthers"Pensamentos"
Tagged: Samira • Clothes: Phantom of the Opera Costume

credits@Eck
Eckl Dohrn Morteri
avatar
Manhattan
You know, right?
Universitários

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Hóspedes

Mensagem por Samira Kavanagh Grigori em Seg 5 Ago - 2:21:09



I love the way that your heart breaks with every injustice and deadly fate praying it all be new and living like ----------------------------------- ♥


Only a Kiss...

Tentei ignorar as palavras e a proximidade do rapaz. Estranhamente, ele passou de rapaz preocupado para safado em milésimos de segundos. Não fiquei assustada com aquela mudança tão repentina, apenas fiquei parada fingindo que ele não estava ali, tão próximo de mim a ponto de me causar arrepios pelo corpo.

Automaticamente meus olhos fecharam-se ao sentir sua respiração quente contra o lóbulo da minha orelha esquerda. Não pude deixar de entre abri os lábios em um suspiro pesado assim que suas mãos foram de encontro a minha cintura, tão próximo, tão quente.

De súbito fui virada de frente para ele, com o corpo colado ao dele. Minha respiração se altera conforme meu coração dispara. Fitei seus olhos, que eram de um azul profundo e inebriante. Por alguns segundos permiti perder-me naquelas íris azulada, esquecendo tudo ao meu redor.

Mordi meu lábio. Nesse instante notei o quanto embasbacada estava em seus braços. Aquilo era estranho, muito estranho para mim, pois um desejo se apoderava do meu ser, tomando conta das minhas ações e reações. Acordei do seu feitiço, levando a ponta dos meus dedos em seu rosto, analisando-o. Meu quadril gruda no dele, e o que nos atrapalhava naquele momento era o tecido das fantasias que cobriam nossa pele.

Fito sua boca, extasiada, desejando que ele se encontrasse com a minha dando inicio á um beijo urgente e necessitado. Os primeiros raios de sol adentravam pela janela iluminando parte do quarto, deixando a cena mais bela e excitante. Não iria negar, eu estava atraída por ele, meu corpo queria ele de qualquer forma, e naquele momento. Não consegui resistir, passei o dedo indicador pelo seu lábio inferior lentamente, brincando com o mesmo. Sorri de forma zombeteira colocando minhas mãos entre seus fios castanhos, puxando-o levemente para baixo, para que assim eu ficasse na altura suficiente para alcançar seus lábios, e de fato, os alcancei, roçando suavemente meus lábios nos dele, e em seguida, encaixando minha boca entre a dele, chupando-a e puxando-a entre meus dentes, soltando seu lábio inferior lentamente. Provocando-o.

Tags:#mascarado • Notes: Quanto tempo mais consigo resistir? • Clothes: this • Music:A drop in the oceanSamy
Samira Kavanagh Grigori
avatar
Fazendo filhinhos sz
Hm...
ESPS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto de Hóspedes

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum