Pátio Externo.

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Pátio Externo.

Mensagem por Secret em Sab 29 Jun - 23:33:24

Pátio Externo
Secret
avatar
Admin

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pátio Externo.

Mensagem por Chenault Murdoch Bertrand em Sex 12 Jul - 23:57:37


C’MON

You know can’t nobody get down like us

O ano letivo começa na faculdade mais uma vez. E por mais um ano eu estava ali fazendo o que eu realmente gostava. Só em pensar em tudo aquilo que eu havia visto no ano passado, porém mais elaborado o sorriso dançava em meu rosto sem que eu pudesse controlar. Talvez minha família me reprovasse pelo que eu havia escolhido cursar, principalmente minha mãe. A top-model mais famosa da França queria que suas filhas seguissem seu legado, fossem modelos reconhecidas internacionalmente, mas sinceramente essa nunca foi a minha praia. Eu puxei ao meu pai, é o que a maioria diz. E particularmente, eu acho que minha incrível paixão pela tecnologia veio sim dele. É o que nos une, a tecnologia, minha paixão por essa área.
Por algum motivo eu não queria trabalhar para o meu pai. Eu prefiro seguir a minha vida sozinha e construir o meu futuro. Sim, era isso o que eu queria. Mas agora não era hora de pensar nisso. “Hey Chel, você deveria parar de se afundar em pensamentos e sonhos.” Era incrível como a minha mente sempre estava certa. Pena que nem sempre eu seguia seus conselhos.
Sorri triunfante enquanto caminhava pelo estacionamento da universidade. O meu carro agora estava estacionado e ainda faltava bastante para a minha próxima aula. Havia chegado cedo pelo costume de fazê-lo. Eu sempre fora pontual, mas algo em especial me fazia chegar na universidade mais cedo. Muitas vezes eu aproveitava para ir ao laboratório de ciências procurar algo, ou ir até o laboratório de informática pesquisar algo de meu interesse na internet ou até mesmo ler um livro na biblioteca. Mas naquele dia eu não queria fazer nada daquilo, simplesmente não queria.
Eu já estava no pátio então, meus pensamentos me mantinham tão fora de mim que eu nem sabia ao certo como chegara lá. Me sentei em um dos bancos e tirei um livro de minha bolsa. Não, aquele não era sobre mecânica, por incrível que pareça. Abri o livro sobre astronomia, minha outra paixão, folhei algumas páginas até chegar no ponto onde havia parado. Comecei a ler as sentenças aos poucos, prestando atenção em tudo que ali estava escrito. Aquele assunto realmente me interessava a muito.
Minha mente se desprendeu do livro após alguns minutos de leitura. As imagens da última festa tomavam ao pouco os meus pensamentos, eu estava fora de mim mais uma vez. Ver aquele rosto mais uma vez, mesmo que só em minha mente, me fez sorrir. Eu não sabia o que estava acontecendo comigo, eu simplesmente não conseguira parar de pensar naquela noite desde então. Poderia considerar a melhor noite de minha vida? Não era para tanto. Havia sido mais divertida do que eu esperara e havia conhecido o rapaz que agora não me deixava nem ler o livro de astronomia. Por algum motivo ele conseguia fazer minha paixão pelo Universo ficar em segundo plano. Eu poderia achar aquilo uma loucura, mas simplesmente não conseguia achar nada. Apaixonada? Não, de jeito algum. Eu não era do tipo que me apaixonava, não era nem do tipo que se interessava por um garoto bonito da faculdade. Eu simplesmente vivia a minha vida, me dedicando aos estudos e as minhas irmãs. Nunca a um garoto, nunca. Deixei que todos os pensamentos fossem ignorados quando a imagem dele me voltou à cabeça.  Algo de diferente estava acontecendo comigo e isso era fato mais do que provado. Claro que eu não havia falado nada daquilo com qualquer uma de minhas irmãs.
Pisquei os olhos para desanuviá-los. Aquele era o momento errado para pensar em qualquer pessoa que fosse. Olhei os estudantes que circulavam pelo pátio da universidade por um breve momento. O que eu procurava entre eles? Nada. Eu apenas tentava me distrair dos pensamentos sobre a tal noite que agora não me saia da cabeça. Precisava esquecer o tal garoto. Poderíamos nunca mais nos encontrar e eu definitivamente precisava esquecê-lo. Voltei a olhar o livro, observando algumas das figuras. Voltei a minha leitura concentrada, ignorando qualquer coisa que estivesse em minha volta e qualquer pensamento que pudesse me tirar a atenção.


Obrigado à Queen P. do
TPO pelo template maravilhoso Wink
Chenault Murdoch Bertrand
avatar
Wonderland
Universitários

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pátio Externo.

Mensagem por Charlotte M. Stenfourd em Sab 13 Jul - 0:38:12

I need the other one to hold you


Depois de um demorado banho de banheira e escolher um vestido que realçasse suas curvas, Charlotte pegou a chave do carro, seus livros e saiu de seu apartamento com destino à Universidade. Ainda tinha tempo até sua primeira aula, mas não queria se atrasar, não depois da última conversa com o pai sobre "responsabilidade". Não iria correr o risco de perder sua gorda mesada.
Dirigia pelas ruas do Bronx em alta velocidade sem se importar muito com os faróis amarelos que ultrapassava. Queria chegar logo, sondar o local e quem sabe conhecer alguém interessante. Charlotte estava acostumada às badalações da vida de modelo, não suportava o fato de ir todos os dias ao mesmo lugar e não ser rodeada de rostos conhecidos. Estava esperançosa que a Universidade seria mais útil do que simplesmente agradar seu pai.
Quando estacionou o caro carro vermelho, virou o retrovisor em sua direção e retocou o batom. Os lábios, agora mais rosados, seguiam um desenho perfeito e embora Charlotte não achasse seus lábios carnudos como os de outras garotas, os achava bem atraentes. Sorriu de lado com aquele pensamento martelando em sua mente, ajeitou o vestido, pegou a pilha de livros e a bolsa e desceu do carro.
Andou pelo pátio externo com o olhar felino percorrendo cada centímetro em busca de algo que a chamasse atenção. Foi quando avistou aquela cabeleira dourada, baixa e entretida em um livro. Piscou algumas vezes como se quisesse se certificar que não estava alucinando.
- Não é possível..- murmurou consigo mesma enquanto apertava o passo em direção a jovem. Ao se aproximar completamente, pigarreou e disse em voz alta. - Chelly?? - era essa a maneira como chamava a amiga de infância.
Estudaram juntas no Eleonor, mal podia acreditar que ela também estava ali. Pequenos flashback's se formavam em sua cabeça, recordando cada bom momento ao lado de Chenault. As festas do pijama, as noites falando sobre os garotos do Richard, as diversas vezes que a amiga tentou ensinar a maldita matemática à ela. Todas as memórias vivas, a tomando de nostalgia e felicidade.

Legenda: |Falas | Pensamentos | Outras Pessoas 

Make you feel better
With: Here | Place: Here |Clothes: Here[/b]
Charlotte M. Stenfourd
avatar
NY
Mimada
Universitários

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pátio Externo.

Mensagem por Sebastien Skei Fjellkirke em Sab 13 Jul - 2:25:30


Infine un nuovo giorno
é mulherengo? Milionário? e bebe demais?, é um dos meus!


A universidade, eu nem me lembrava mais que tinha que ir pra lá, mas meu celular com minha agenda pessoal fez questão de me avisar. Novamente lá estava eu as pressas correndo feito um louco com meu Bugatti, chamando a atenção de meio mundo de pessoas, não que eu ligasse pra isso. Em pouco tempo lá estava eu na universidade, primeiro dia em New York havia sido agradável, agora era hora do primeiro dia na universidade, bom agora eu já não tinha tanta certeza se seria bom, sinceramente a medicina não me atraia muito, a não ser que estivéssemos falando de uma medica bem gostosa. Enfim estacionei, olhei ao redor no estacionamento, carros, vários carros, mas nenhum que eu gostasse mais do que meu Bugatti, afinal  haviam poucos daquele rodando por ai, essa era a parte mais legal. Ajeitei meu cabelo com uma das mãos e sai andando, realmente o campus era grande, e estava cheio de gente, gente que eu nem conhecia e bom precisava conhecer alguns, e ia acabar conhecendo mais tarde.

- E lá vamos nós, quanto tempo será que eu levo pra ser expulso desse lugar?

Falei comigo mesmo enquanto caminhava para o centro, depois sorri como um idiota, sim por que falar sozinho era uma coisa ridícula, e estar ali com aquela mochila e carregando livros e tudo mais era estressante, nas mãos eu tinha um café que acabará de comprar no caminho para cá, avistei algumas pessoas, não conhecidas, mas rostos que eu tinha visto na festa de em que conheci Cherrie, muita gente estava lá. Sentei numa mesa e fiquei ali bebericando meu café, e observando as pessoas a espera de enxergar alguém conhecido, mas realmente eu não ia ver se quer alguém de quem eu lembrasse naquele lugar, nunca tinha estado em New York, e era pouquíssimo provável encontrar outro Italiano por ali, estava completamente perdido, até que uma garota ruiva vinha gritando na direção da minha mesa por uma tal de "Chelly?" eu estava desnorteado, até me tocar que não era a mim que ela gritava e sim a garota sentada na mesa perto de mim, não consegui conter a risada de mim mesmo, e quase que sem querer fiquei ali encarando as duas meninas.



Com: Cherrie; humor: Soberbo; vestindo Look Casual {Clica}
Narração
{} Falas {} Pensamentos



Thanks Maay From TPO.

Sebastien Skei Fjellkirke
avatar
Nárnia ou Terra do Nunca.
Provavelmente, rindo da sua cara.
Adulto

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pátio Externo.

Mensagem por Chenault Murdoch Bertrand em Sab 13 Jul - 3:00:30


C’MON

You know can’t nobody get down like us

 Astros. Estrelas, planetas, cometas, asteróides. Galaxias. Aquilo me fazia sair do lugar onde estava e viajar por todo o Universo sem nem ao menos perceber. Como eram incríveis todas as descobertas feitas sobre o Universo então. Virava as páginas do livro com tamanha rapidez. Era como se eu devorasse todas aquelas letras. Até que enfim havia achado a concentração para ler aqueles textos. O assunto abordado naquele capitulo eram as outras galáxias e eu parecia estar nelas por aqueles minutos gastos lendo. Mas sabe uma coisa que realmente me interessam? Supernovas. Sorri enquanto observava a foto de uma supernova, o corpo celeste surgido após  a explosão de uma estrela, no livro.
- Chelly?
Aquele grito poderia ser ouvido por qualquer um no campus. Charlotte. Sim só podia ser ela. Afinal, nenhuma outra pessoa me chamava assim. Era o jeito único que apenas ela me chamava. “Chenny... quando ouvir alguém te chamar assim, vai saber que sou eu.” A voz daquele rapaz soou em minha mente, era como música. Sorri meio abobalhada. Mas o que eu estava fazendo? Balancei a cabeça suavemente, tirando aquilo de minha mente com o máximo de urgência possível.
- Hey Char! Você por aqui? Parece que finalmente vamos estar juntas de novo.
O sorriso voltou aos meus lábios enquanto eu olhava minha amiga de adolescência. Nós havíamos estudado juntas no Eleanor Thompon. Eu sempre fora um ano a frente e por isso ajudava Charlotte com cálculos e tudo mais que ela precisasse. Nós costumávamos passar nossos dias juntas quando estávamos na escola e agora vê-la na mesma universidade que eu, era algo que realmente me alegrava.
Fechei o livro e deixei-o sobre a mesa. Me levantei e caminhei alguns passos até alcançar Charlotte. Lancei os braços em volta da ruiva, lhe abraçando de forma amigável. Era realmente muito bom reencontrar uma velha amiga. Ainda mais na universidade. Agora nós teríamos a oportunidade de nos ver todos os dias. Ir as festas juntas de novo e nos divertir.
- Como você está, Char? É muito bom poder te rever.
Eu não sabia o porquê, mas havia reparado um garoto que se sentara em uma mesa próxima e parecia nos encarar desde que Charlotte havia me gritado. Aquilo poderia ser estranho e eu estava realmente curiosa para saber o motivo pelo qual ele nos olhava tanto. Eu não era de falar com garotos, não mesmo, com exceção do garoto da festa é claro. Eu tinha duas opções, ou falava com aquele garoto estranho, ou ficava na minha e voltava a minha atenção apenas a Charlotte, o ignorando completamente.
Isso que da ser muito curiosa. Eu  estava ali com Charlotte, qual seria o problema de falar com o garoto. Eu tinha vergonha, era claro, aquilo fazia parte de mim. Mas eu normalmente tinha problemas em falar com garotos a sós, quando não eram meus amigos. Era algo do tipo, medo de relacionamentos. E aquilo era algo que não fazia sentido algum agora.
- Hey novato. Acho que não deveria se isolar tanto. Se quiser se juntar a nós.
Eu sorri simpaticamente enquanto encarava o garoto da mesma forma que ele nos encarava. Tive que controlar a risada ao perceber o que eu estava fazendo. Eu havia acabado de chamar um garoto que nem conhecia de novato. Obviamente ele era novato ali, nunca o havia visto antes e ele parecia estar meio desnorteado. Pousei meus braços cruzados sobre o livro, voltei a olhar Charlotte. Eu conseguia controlar a risada, mas preferia não encarar o garoto da maneira como ele fizera. Afinal, Charlotte estava ali e nós tínhamos muito o que conversar, muitas novidades para contar e muito papo para por em dia.



Obrigado à Queen P. do
TPO pelo template maravilhoso Wink
Chenault Murdoch Bertrand
avatar
Wonderland
Universitários

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pátio Externo.

Mensagem por Dominique Von Moskovicht em Sab 13 Jul - 16:45:36

First Day
Everything is fine when You're standin' in the eye of the Hurricane; And I think i'm fine, like I'm In the eye of the hurricane


Fazia menos de dois dias que eu havia postos meus pés em New York. Estava tão feliz que nem sei como vou recompensar meus pais por tudo o que eles estão fazendo comigo. O apartamento era lindo e eles haviam até arrumado um motorista para mim. Meu empresário morava à três quadras do meu prédio, então ficava tudo mais fácil. Quando acordei essa manhã dei uma passada no estúdio para arrumar minha agenda, já que meus pais faziam questão que eu continuasse estudando. No caminho para a William Ford, pedi que meu motorista parasse em algum lugar para eu comprar o café e, em menos de alguns minutos, já estava na porta do meu novo centro de ensino.
Despedi-me de Calvin, meu motorista, e andei na direção de todos os outros alunos. O lado bom de ser uma atriz iniciante no exterior é que, fora do seu país natal, quase ninguém te conhece. Minha mãe gostava de fofocar com a minha tia e as amigas de seu país sobre alguns de meus trabalhos, mas não era algo que se espalhava com facilidade. Eu sorria de orelha a orelha enquanto bebericava o meu café. Era tão emocionante e eu não conseguia parar de pensar no meu futuro.
Mas o maior problema de ser avoada que nem eu, é quase tropeçar e cair de cara no chão no meio do pátio. A minha sorte é que eu estava de sapatilha então isso não aconteceu. Infelizmente isso não vez com que meu óculos e o meu café voasse com o impacto.
- Å, faen. - Xinguei enquanto recolhia meu óculos e o copo já todo amassado no chão. Lá se foi minha chance de causar uma boa primeira impressão. "Espero que ninguém tenha visto..." Mordi o lábio nervosa com meus pensamentos.

Com: --; Onde: universidade; vestindo;ISSO
Thanks Maay; from TPO


Dominique Von Moskovicht
avatar
Universitários

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pátio Externo.

Mensagem por Sebastien Skei Fjellkirke em Dom 14 Jul - 16:26:54


Infine un nuovo giorno
é mulherengo? Milionário? e bebe demais?, é um dos meus!



Bom, fiquei ali tão sem noção com o grito da garota que acabei as encarando de mais, uma delas reparou e acabou "devolvendo" a encarada, não com a mesma cara de bobo aéreo que eu estava, mas certamente com um olhar um pouco curioso, eu estava acostumado a chamar atenção das mulheres, mas geralmente não era aquela a cara que elas faziam quando me olhavam, eu fiquei meio encabulado com aquele olhar, até que ela finalmente esboçou uma pontinha de sorriso, seguida de algumas palavras.

- Hey novato. Acho que não deveria se isolar tanto. Se quiser se juntar a nós.

- Hei, eu não sou isolado apenas não conheço ninguém aqui ainda, e vocês são bonitas então, acho que acabei fazendo aquilo não é? Preciso perder essa mania de encarar as pessoas. - sorri um pouco enquanto brincava - Bem acho mesmo que posso aceitar seu convite, afinal não conheço ninguém aqui ainda, sou o Lucca, primeiro semestre de Medicina, e vocês quem são?


E lá estava eu sorrindo, alias sorrir era uma coisa que eu fazia o tempo inteiro, apenas peguei meu café e minha mochila para levantar e poder me juntar a moças, aceitando ao convite de uma delas, até que um barulho me chamou a atenção, ao olhar para trás reparei numa jovem andando um pouco desconcertada, um copo de café derramado no chão, seus óculos e jogados também no chão, eu tive vontade de rir da situação, e acabei mesmo rindo, não dava para evitar, mas enfim resolvi ajudar, como os oculos vieram parar perto de meus pés apenas me abaixei e peguei-o, olhei para a garota e depois para a loirinha que havia me convidado a me juntar a elas -Se puderem me dar licença um segundo, parece que alguém teve problemas com a chegada, eu já me junto a vocês garotas. Não considerem isso fata de educação ou nada do tipo. Vocês parecem velhas amigas, não quero interromper. Exclamei me virando para a garota dos óculos, e caminhei em sua direção com um largo sorriso no rosto, aquela também era uma garota muito bonita, bom eu tinha 10 minutos na faculdade e já tinha visto três lindas garotas, com toda a certeza eu gostava dessa faculdade. Ao me aproximar dela estendia mão com os óculos e apenas lhe entreguei, analisei um pouco a garota e sorri.

- Parece que alguém não entrou com o pé direito na William Ford não é mesmo? - estendi a mão para a garota - Bem, eu sou o Lucca.


Olhei para a garota a espera de uma resposta e tentando reconhecê-la, bem eu não conhecia, e com toda a certeza ela não era uma das inumeras pessoas que eu havia visto na festa noite passada, o que era interessante é que era uma garota bem bonito, apesar de eu jurar que a ouvi praguejando alguns segundos antes de pegar seus óculos do chão. E lá estava eu de novo sendo um cavalheiro, o velho charme dos Mezza nunca saia de mim.




Com: Chenault; Charlotte e Dominique. humor: Soberbo; vestindo Look Casual {Clica}
Narração
{} Falas {} Pensamentos



Thanks Maay From TPO.


Sebastien Skei Fjellkirke
avatar
Nárnia ou Terra do Nunca.
Provavelmente, rindo da sua cara.
Adulto

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pátio Externo.

Mensagem por Dominique Von Moskovicht em Seg 15 Jul - 14:35:58

First Day
Everything is fine when You're standin' in the eye of the Hurricane; And I think i'm fine, like I'm In the eye of the hurricane


 Um rapaz razoavelmente alto, de cabelos loiros brilhantes e pele bronzeada veio me entregar meus óculos. Na hora que o peguei de sua mão e murmurei o palavrão em norueguês, não tinha parado para olhá-lo. Ele era totalmente diferente das pessoas que eu conhecia. De certo modo seu sorriso emanava brilho e calor, como todo o resto de seu corpo. Tive de me conter para não começar a sorrir feito uma idiota. Então simplesmente ri da piada boba que ele fez.
– Acho que hoje não é meu dia... – Dei de ombros com um sorriso torto no rosto. Então pus meus óculos sobre a cabeça e apertei a mão dele – Meu nome é Dominique, mas pode me chamar de Nique. – Soltei a mão dele e dei dois passos para trás, para jogar o copo no lixo. - Então... Lucca, você é daqui? – Tentei puxar assunto e voltei à ficar de frente para ele. O pior foi que eu tentei falar o nome dele, mas meu sotaque não deixava. Acabou saindo algo estranho, como ‘Luxa’ ou ‘Luxar’... Tinha certeza que aquele nome não era daqui, mas ele poderia ser filho de estrangeiros. Para falar a verdade, acho que meu dia não seria tão ruim assim.

Com: Lucca Cool; Onde: universidade; vestindo;ISSO
Thanks Maay; from TPO




Spoiler:
Ficou horrível, mas eu prometo que o próximo vai ficar melhor XD
Dominique Von Moskovicht
avatar
Universitários

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pátio Externo.

Mensagem por Rachel Horowitz-Berry em Ter 16 Jul - 0:47:30


A New Girl in University  ♥

With: Nobody | Clothes: Roupas AQUI :3 | Feeling: Confused.

A exatamente uma semana eu havia chegado em New York, tudo parecia tão rápido. Eu já estava acostumada com a vida na cidade grande, já havia me preparado antes mesmo de vir morar na cidade. Eu havia sido aceita na Universidade William Ford, além de mim meu melhor amigo havia tentado entrar também, faríamos Artes Cênicas juntos, ele não passou mas eu insisti para ele tentar entrar no segundo semestre. A Universidade William Ford era conhecida por ser muito famosa e concorrida em New York por ter várias áreas de estudo, Eu iria cursar Artes e me especializar em Teatro musical, era um sonho.
Seria meu primeiro dia na Universidade e eu estava num nível de nervosismo estava no seu ápice. Uma dos principais fatores era a Boa aparência, eu não iria aparecer na Universidade com minhas Saia junto as minhas meias abaixo do Joelho e minhas Blusas com estampas de animais exóticos. Havia feito compras antes da viagem e separei um conjunto para meu primeiro dia, Era um Short vermelho de cós alto, uma Blusa de alça preta e um casaco bem detalhado e moderno preto. A Universidade ficava no Bronx então deveria pegar um trem para ir ao local. Sai de casa 1 hora antes do horário de entrada da Universidade, assim não pegaria fila no Trem.

[...]


O Prédio da Universidade era enorme e bem arquitetado, eu fiquei olhando aquilo tudo com um olhar surpreso e admirável. Caminhei pelo andar e parei no pátio. O pátio estava com um numero razoável de alunos, parei e me sentei num banco de madeira bem comum em unidades Escolares. Me sentei e cruzei as pernas. Abri meu fichário onde havia posto os papeis da Universidade e comecei a ler os panfletos que eles entregavam para os novatos, Provavelmente. Queria passar uma boa primeira imagem então preferi ficar ali sentada, talvez alguém me visse e viesse falar comigo, Talvez.  




 

#Bronx #University #Class #Alone ♥
I'm the one who want love you more ♥

flarnius
Rachel Horowitz-Berry
avatar
The city that never sleeps.
I don't know, you dare find out?
Universitários

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pátio Externo.

Mensagem por Isaac H. Markovnikov em Dom 8 Jun - 22:14:40


Life Is a Metaphor....


Mas que merda. Bufei, olhando indignado para o ponteiro do relógio que já havia dado uma volta e nada de o puto de Aleksei aparecer. Ele era sempre tão pontual quanto uma puta, qualquer semelhança era mera coincidência. Abri um sorriso com o pensamento. Eu estava debaixo do sol há um tempo, segurando a bola de basquete em minhas mãos e encarando a pequena tabela implantada no pátio externo. Na melhor das hipóteses ele havia decidido que não valia a pena ir jogar com quem iria perder. Ele seria esperto, mas conhecendo bem Aleksei, sabia que esperteza não era a sua praia então nosso jogo ainda estava marcado. Era uma ironia eu jogar basquete quando odiava o esporte, mas depois de um tempo, percebi que meu problema não era com o ato estúpido de sair por aí tentando acertar uma bola de basquete em uma cesta como crianças fazem com os legos. Meu problema não era com o esporte um tanto quanto uma capacidade infantil um tanto mais complexa... Eu só não curtia competições por mais que fizesse parte do time da universidade. Bem, minha bolsa dependia daquilo pelo menos.
Tirei meu celular do bolso e abri um sorriso ao olhar para a data e saber que era aquele o dia em que minha irmã, minha pequena e minha namorada se mudaria para a cidade. Eu estava morto de saudades de Chelsea e mal conseguia esperar para encontra-la... Talvez fosse toda ansiedade que tivesse feito com que eu ligasse para Alek e o chamasse para uma partida de basquete. Depois que havia começado a estudar na universidade, passava a maior parte do meu tempo ali. Havia de fato conhecido pessoas interessantes e como costumava ser em São Francisco, conhecia quase todos os alunos. Eu gostava de NY, não podia mentir. Toda aquela pressa aquele stress... Era como se me mostrasse todos os dias que por pior que fosse minha situação, estava melhor do que todos os lunáticos naquela cidade.


LINKS


credits to @AvaEditions
Isaac H. Markovnikov
avatar
WSA

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pátio Externo.

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum